Roadie Metal Entrevista: As The Palaces Burn, responsáveis por lançarem um dos melhores álbuns de 2019

by Gleison Junior

Uma das bandas que mais chamaram a atenção do Metal Nacional em 2019 e 2020, As The Palaces Burn e seu excelente disco, End’ Evour, foram destaques em vários veículos especializados recebendo críticas positivas de especialistas do meio underground.

Para evidenciarmos ainda mais essa belíssima banda de Santa Catarina, nós da Roadie Metal, batemos um papo com os integrantes da As The Palaces Burn, que revelaram com exclusividade alguns detalhes do momento atual do grupo, além de novidades e processos futuros que estão sendo preparados.

Como surgiu sua banda, conte-nos como foi que tudo começou?

DB: Surgiu a partir de duas músicas iniciais (Devil´s Hand e I Tried) que compus pra um possível segundo disco de uma banda no qual eu fazia parte. Resolvi iniciar um novo projeto, primeiramente conversei com Gilson e mostrei as músicas. Posteriormente a conversa foi com Alyson, no qual já havíamos tocado juntos no passado e por último o André. Desse momento em diante não paramos de produzir material e o que seria um projeto se tornou uma banda de verdade composta porquatro caras que bem dizer se tornaram irmãos.

GN: Foi num momento bem peculiar em que o Diego me convidou para o projeto. Eu estava desanimado com o mercado musical e com os projetos em que estava fazendo naquele momento. Diego escolheu a dedo os caras com quem iria levar esse trabalho adiante e foi muito fácil para todos dizerem sim e se colocarem à disposição. Aceitar o desafio de entrar numa banda de heavy metal com alto nível técnico me fez voltar a ter paixão pelo instrumento e principalmente por contribuir em composições.

Quais materiais vocês já possuem lançados e como as pessoas podem encontra-los?

AS: Nos primeiros meses de banda, ainda em 2018, decidimos gravar e lançar 02 singles: The Devil’s Hand (que também possui um lyric video) e I Tried, que posteriormente foram incorporados ao nosso álbum End’evour. Já em 2019 criamos o vídeo clipe da faixa Arcanum e na sequência lançamos o álbum End´evour, que está disponível em todas as plataformas digitais. Todas as mídias e informações estão em nosso site: asthepalacesburn.net.

O que você espera levar ao público com suas letras, conte um pouco sobre seu processo criativo, como vocês escrevem as letras e qual a mensagem que está por traz?

DB: DB: Nesse nosso primeiro disco “End´evour”, que é conceitual, estamos abordando a destruição do mundo que conhecemos e vivemos. O pós-destruição para os que sobreviveram regados a diversos problemas psicológicos, não bastasse fome e falta de suprimentos, e ainda os falsos profetas e uma nova forma de política tentando se estabelecer em meio ao caos. As letras retratam acontecimentos que são narrados em terceira pessoa e também em primeira, isso por personagens aleatórios passando por diferentes dificuldades. Sendo que a pior delas é a que está na própria mente.

Como o conceito partiu de mim, escrevi praticamente quase todas as letras do disco e todo ele foi uma forma de criar uma “ficção” pros problemas que vivemos atualmente.

Já nos próximos lançamentos da banda iremos abordar os momentos que antecederam “End´evour”, isso vai ficar de certa forma totalmente alinhado com várias questões que vivemos nos dias de hoje.

O que te fez querer participar da atual edição da coletânea Roadie Metal?

Primeiramente  pelo fato da Roadie Metal ter a proposta de fortalecer a divulgação da nova safra do metal brasileiro, isso faz “diferença”. Como já vínhamos acompanhando o portal, aceitamos prontamente o convite, visando ter um retorno na boa divulgação do material e por contar com o suporte embutido na proposta.

Como você enxerga o atual momento do cenário do Metal Nacional?

AG: Eu enxergo como um momento muito bom é só observarmos o número de novas bandas que surgiram, a quantidade de bons músicos que temos praticamente em todas as regiões do Brasil. Porém quanto mais oferta, maior a concorrência por um lugar ao sol.  A divulgação e estratégia, além da busca por qualidade do material é fundamental. É comum ouvirmos que a cena metal tem suas dificuldades, que não se tem apoio, que é difícil ter espaço e oportunidade. Há alguns anos atrás isso ainda era mais difícil.  Hoje temos uma maior facilidade em realizar o lançamento de um disco e promover eventos. Cabe ao artista trazer inovação, qualidade e divulgação acertada para ter resultados diferenciados.

Está sendo preparada alguma novidade para os próximos dias? Tem algum lançamento vindo por aí? Conte-nos alguns detalhes!

GN: Ainda estamos colhendo os frutos do nosso debut album, mas os trabalhos não páram. Rapidamente nos focamos novamente em produzir e estamos em pleno processo de captação do nosso novo EP que deve sair no próximo semestre. Que possuirá 03 músicas, sendo uma delas um cover que está ficando com um peso absurdo, não quero estragar a surpresa, mas acredito que todos irão curtir muito.

Deixe uma mensagem em nome da banda para nosso leitor!

AS: Primeiro queremos agradecer todo o feedback positivo e críticas construtivas que tivemos até o momento, apesar de sermos uma banda relativamente nova, isso nos dá certeza de estarmos realizando um bom trabalho; e claro, aguardem o lançamento do novo material que sairá no segundo semestre de 2020!

Formação:

Alyson Garcia – Vocal

Diego Bittencourt – Guitarra

André Scheneider – Baixo

Gilson Naspolini – Bateria

Mais informações: Facebook: facebook.com/asthepalacesburn

Site oficial: www.asthepalacesburn.net

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish