Roadie Metal Cronologia: King Diamond – Conspiracy (1989)

by Flávio Farias

Estamos no ano de 1989 e King Diamond lança o quarto álbum de sua carreira solo. Este disco é conceitual como o anterior, “Them” (1988) e trata-se também da continuação da história narrada neste. E com produção de Andy LaRocque, King Diamond e Roberto Falcão, a banda adentrou no “Rumbo Recorders“, na Califórnia e saíram de lá com essa obra-prima.

Lançado em 21 de agosto de 1989, pela “Roadrunner Records“, o disco chegou à posição de número 111 na “Billboard 200“. E colocando a bolachinha para rolar, temos pouco mais de 47 minutos da segunda parte da história. E são 47 minutos bem agradáveis.

Temos a abertura com “At the Graves” que do alto de seus oito minutos tem um pouco de tudo. Uma intro bastante quanto medonha, que para nossa felicidade se transforma em uma grande canção de Metal., bem honesto, com direito a um solo maravilhoso e diversas mudanças de andamento, flertando, inclusive com o Prog e partes mais Hard Rock.

Sleepless Nights” foi a minha porta de entrada para a obra de Kim Bendix Petersen. Lembro me que vi o clipe desta música em uma fita VHS (sim, meus caros leitores, este que vos escreve está batendo na casa dos 40 anos), que um amigo havia gravado da MTV. E pirei neste som muito louco, cheio de partes diferentes, com King Diamond alternando seu famoso falsete com um gutural bem poderoso. A parte mais Metal, com os riffs magníficos, a parte mais suave, tendo somente a guitarra sem distorção, a bateria e a voz de King. Essa música é realmente uma coisa de outro mundo.

Lies” já é mais calcada no Hard Rock, com um solo bem melódico, realmente bonito de se escutar.

A Visit From Hell” inicia sem muita pretensão, embora a linha harmônica do violão de sua intro seja bem bonita, mas logo a música cresce e vira aquele Metal que você respeita.

Quem está no vinil, é hora de virar o lado e aqui temos “The Wedding Dream“, que tem um teclado bastante esquisito, que vai da introdução até a primeira estrofe, mas depois tudo isso dá lugar a uma música digna de uma NWOBHM. Sensacional.

Amon Belongs to Them” é mais voltada para o Hard Rock, com destaque para os riffs muito bem feitos.

Something Weired”, tem a  participação especial de KK Dowing e esta faixa trata-se de uma introdução, que servirá de ponte para a faixa posterior, “Victmized“, que na intro lembra um pouco o BLACK SABBATH dos tempos de Ronnie James Dio, se desenvolvendo no andamento típico do Heavy Metal daquela época.

Let it Be Done” é apenas uma vinheta, com um clima mais de horror, enquanto que “Cremation” fecha o álbum de forma absurdamente boa. Excelentes riffs de guitarra, que casaram bem com o teclado bem voltado ao Prog. Ela é instrumental praticamente em toda a sua extensão, a exceção se faz por uma pequena estrofe recitada por King, quase que gutural, já no finalzinho da faixa. Em minha opinião, esta, juntamente com “Sleepless Nights” são os pontos altos de um disco que prende a atenção do ouvinte do início ao fim.

Em 2004, o álbum foi relançado como uma parte de uma série de lançamentos remasterizados por parte da “Roadrunner”. Este foi o primeiro disco que eu busquei da carreira desta fera chamada King Diamond. Percebo que a relação dos fãs de Metal com ele é um tanto quanto polarizada (lembrando muito uma discussão política em um certo país da América do Sul… Qualquer semelhança é mera coincidência): quem não ama, odeia! Porém, eu posso dizer que estou no meio termo disso. Reconheço que nem King Diamond nem o MERCYFUL FATE são meus artistas favoritos e nem por isso eu os odeio, pelo contrário, eu tenho um imenso respeito pela obra desta lenda viva do Metal. E sempre falarei bem. E “Conspiracy” é um disco muito bom de se escutar e todas as vezes que eu der play em uma obra que tenha King Diamond nos vocais, escutarei sempre com prazer.

Lineup:

King Diamond – Vocais

Andy LaRocque – Guitarra

Pete Blakk – Guitarra

Hal Patino – Baixo

Mikkey Dee – Bateria

Roberto Falcão – Teclados

Tracklisting:

01 – At the Graves

02 – Sleepless Nights

03 – Lies

04 – A Visit From the Dead

05 – The Wedding Dream

06 – Amon Belongs to Them

07 – Something Weired

08 – Victmized

09 – Let it Be Done

10 – Cremation

  • 8.5/10
    - 8.5/10
8.5/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish