Roadie Metal Cronologia: Armored Saint – Raising Fear (1987)

by Helton Grunge

Raising Fear é o terceiro álbum da banda de Heavy Metal americana chamada Armored Saint. O trabalho foi lançado em 1987 pela Chrysalis Records e contém 10 faixas.

Os membros da banda à época e responsáveis pelas gravações foram: John Bush, nos vocais; David Prichard, nas guitarras; Joey Vera, no baixo e Gonzo Sandoval na bateria. Phil Sandoval, antigo músico da banda, deixou o grupo após a gravação do álbum anterior, Delirious Nomad, por isto a formação da banda neste trabalho de 1987 consta como quarteto. Este também álbum foi o último trabalho de estúdio do guitarrista David Prichard, que viria a morrer 3 anos depois, em 1990, vítima de leucemia e um pouco antes de a banda lançar o álbum seguinte: Symbol of Salvation.

O trabalho foi gravado entre outubro de 1986 e junho de 1987 na Califórnia pela gravadora Chrysalis Records, porém o lançamento oficial foi apenas em Agosto de 1987.

A sonoridade do álbum foi fortemente influenciada pelo som New Wave britânico, que estava influenciando algumas bandas de Heavy metal da época. O álbum é composto de 10 faixas e tem a duração em torno de 47 minutos. Dentre as faixas do álbum, possui uma cover da banda Lynyrd Skynyrd, trata-se da faixa Saturday Night Special. A versão não é simplesmente uma música do Lynyrd Skynyrd com mais peso, que era a característica sonora da Armored Saint, a banda resolveu fazer um arranjo totalmente novo, transformando a sonoridade da música de forma completa, fazendo um arranjo diferente e fazendo com que soasse exatamente como uma composição da banda e não apenas um cover bem executado.

A faixa título e a Chemical Euphoria são duas músicas que apresentam forte influência do Speed Metal em suas composições, algo que tornou-se comum nas bandas que transitavam pelo estilo de Armored Saint nos anos 80. Os solos contidos no trabalho e os riffs, muitas vezes rápidos e técnicos, deixam o álbum soando original durante todo ele, sem tornar-se repetitivo ou chato. Todas as composições são fortes e bem trabalhadas, trazendo ao público criatividade, peso e técnica.

Outras bandas da época queriam ter Bush como seu vocalista, isto nos faz entender como o trabalho vocal do músico é bem executado na gravação do álbum. Apesar de não ter uma extensão vocal invejável como outros vocalistas do Heavy Metal, a voz de Bush é potente, forte e confiante, trazendo ao álbum características marcantes do estilo da banda.

Dentre todas as faixas do álbum, as que mais merecem destaque são: Raising FearIsolationHuman VultureChemical Euphoria.

Apesar de não ser um álbum considerado ruim, muitos o consideram como o trabalho mais fraco da banda, aliás até a própria banda concorda. O álbum é falho em alguns aspectos sonoros, mas não é de todo ruim, apresenta músicas que são consideradas boas, como as já citadas acima.

Isolation é uma ótima balada presente no álbum, talvez uma das melhores faixas do trabalho, fora bem trabalhada e executada; os solos da Frozen Will/Legacy são muito bons e trazem ótimas sensações aos amantes do Heavy Metal e da guitarra bem trabalhada; Book of Blood soa como alguma música voltada para a política.

Mesmo que a execução do álbum e a criação do mesmo no geral seja considerada abaixo de outros trabalhos do gênero e até da própria banda, mesmo que as letras não sejam tão boas também como outros trabalhos, uma coisa merece muito destaque: a capa do álbum. Um cavaleiro triunfante e pronto para a batalha foi uma ótima escolha para ilustrar a capa do álbum.

Faixas:
01 – Raising Fear
02 – Saturday Night Special (Lynard Skynard cover)
03 – Out on a Limb
04 – Isolation
05 – Chemical Euphoria
06 – Frozen Will/Legacy
07 – Human Vulture
08 – Book of Blood
09 – Terror
10 – Underdogs

7
  • 7/10
    - 7/10
7/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish