Roadie Metal Bio: Summoning

by Jéssica Da Mata

País de origem: Áustria
Anos de atividade: desde 1993
Gênero: Black Metal/ Dark Ambient

Formada por Silenius (Michael Gregor), Protector (Richard Lederer) e Trifixion (Alezander Trondl), a banda nunca se apresentou ao vivo e a maioria das letras são influenciadas pelas obras de J. R. R. Tolkien e não nos temas das maiorias das bandas de Black Metal, exceto nas primeiras demos.
Inicialmente foram gravadas duas demos (Upon the Viking’s Stallion e Anno Mortiri Domini) e 5 faixas para o primeiro disco. Quase todas as músicas das demos nunca foram lançadas depois ou foram gravadas em uma nova versão.
O álbum de estreia (Lugburz) do Summoning foi em 1995 pela gravadora Napalm Records. Este disco apresenta um Black Metal mais tradicional, diferente dos lançamentos posteriores. Após o primeiro álbum, a banda ficou com apenas 2 integrantes e no mesmo ano lançou o segundo disco “Minas Morgul”, já com novo estilo, épico e atmosférico, usando apenas a guitarra como principal instrumento, sintetizadores e antigas gravações.
Em 1996, foi lançado o álbum “Dol Guldur”, com influência de J. R. R. Tolkien nas letras. Após isso, a banda gravou um EP “Nightshade Forests” e parou as atividades por dois anos.
Em 1999, a banda retornou com mais um disco “Stronghold”, mas dessa vez, com mais guitarras melódicas em vez de teclados e sintetizadores.
Em 2001, foi lançado o “Let Mortal Heroes Sing Your Fame”, com uma combinação entre o som antigo e o novo, com teclados mais épicos e guitarras mais trabalhadas. A temática novamente foi baseada nas obras de Tolkien, mas também com inspiração das obras de fantasia de Michael Moorcock.
Em 2003, eles lançaram o EP Lost Tales, que consistia em sobras de “Dol Guldur”.
O próximo lançamente foi somente em 2006 “Oath Bound”, com novas músicas. A banda tinha equipamentos de alta qualidade disponíveis para a gravação do álbum e foi capaz de criar vocais de coral melhores que antes.
Após o lançamento de Oath Bound, Summoning entrou em um período de inatividade. Silenius teve um bloqueio criativo e não teve inspiração para criar novas músicas para a banda. Ele também sofreu um ataque cardíaco e ficou parado por mais algum tempo.
Em fevereiro de 2012, a banda anunciou em seu site que estava escrevendo novas músicas. “Old Mornings Dawn”, que é um dos meus favoritos, foi lançado em junho de 2013 pela Napalm Records e liricamente se concentra principalmente em temas da natureza e nas obras J.R.R.Tolkien e outros escritores desconhecidos. A arte da capa é baseada na pintura de George Hetzel, Rocky Gorge.


Em 2015, a banda começou a trabalhar na criação de um novo álbum, e estava focada em reescrever parte do material restante de Old Mornings Dawn.
Em dezembro de 2016, foi lançado pela Wolfspell Records, um álbum de coletânea intitulado “In Mordor Where The Shadows Are – Homage to Summoning”. O álbum apresenta 21 músicas diferentes de Summoning de artistas como Caladan Brood e Emyn Muil.
Em 2018, foi lançado o “With Doom We Come”, a arte da capa é baseada na pintura de Georg Janny, (A caverna do dragão) de 1917.



Membros:
Protector (Richard Lederer) – guitarra, vocal e teclado
Silenius (Michael Gregor) – baixo, vocal e teclado

Discografia:
Lugburz (1995)
Minas Morgul (1995)
Dol Guldur (1996)
Stronghold (1999)
Let Mortal Heroes Sing Your Fame (2001)
Oath Bound (2006)
Old Mornings Dawn (2013)
With Doom We Come (2018)

Gravadora: Napalm Records

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish