Resenha: Gathering Of Kings – First Mission (2019)

by Tatianny Ruiz

First Mission” o debut álbum do projeto inspirado pelos fenômenos suecos do AOR e Rock melódico Gathering Of Kings, é um dos excelentes lançamentos que abriram o ano de 2019 arrebatando uma imediata legião de ouvintes e trazendo ao público um alto nível de produção que vale a sua atenção.

O álbum lançado em janeiro deste ano conta com a produção, mixagem e masterização por Thomas Plec Johansson (Soilwork, The Flight Night Orchestra, Nocturnal Rites, Dynazty) no The Panic Room em Skövde, Suécia. Além disso com todas as músicas escritas pelo imensamente talentoso Victor Olsson, exceto “The Runaway”, que foi escrito por Maurice Gibb e Robin Gibb do Bee Gees. A música é um cover de Carolas hit single de 1986, então uma homenagem à considerada melhor cantora sueca de todos os tempos. Fechando o pacote contamos com a arte da capa criada pelo artista alemão Markus Vesper e você pode ter certeza que estamos falando de um projeto realmente colossal.

Primeiro de tudo, o Gathering Of Kings não se trata de uma banda, é um projeto como já citado anteriormente. Dito isso, o fato de eles terem sido reservados para tocar no Sweden Rock Festival em 2019 pode dizer que o projeto se tornará uma banda de verdade no futuro e pelo alto padrão esta não é uma hipótese distante.

O GoK é a ideia de Ron Dahlgren junto com sua esposa Nina (daí o apelido da RN Records) que queria montar uma lista de músicos suecos do Hard Rock e fazer um álbum claramente influenciado pela forma como fenômenos poderiam trabalhar colocados juntos. Todo o projeto está em construção há um ano e em 25 de janeiro chegou a hora de mostrar o resultado de um trabalho realmente engenhoso.

Mas primeiro uma pequena apresentação das pessoas envolvidas aqui, um número impressionante de 22 participantes, de organizadores, artistas de capa a produtores e músicos.

A lista dos envolvidos é algo assustador e representa muito dos termos de qualidade envolvidos me lembrando de outro grande projeto, o Ayeron de Arjen Anthony Lucassen.

Confira a lista abaixo:
Rick Altzi – Vocais (Masterplan, Herman Frank, At Vance)
Björn Strid – Vocais (Soilwork, The Night Flight Orchestra)
Apollo Papathanasio – Vocais (Spiritual Beggars, Firewind)
Tobias Jansson – Vocais (Saffire)
Jens Westin – Vocais e Guitarra (Corroded)
Alexander Frisborg – Vocais (Helldog)
Victor Olsson – Guitarra e teclados (Saffire)
Stefan Helleblad – Guitarra (Within Temptation, Jono)
Martin Sweet – Guitarra (Crashdiet, Sister)
Erik Mårtensson – Guitarra (Eclipse, W.E.T, Nordic Union, Ammunition)
Nalle Påhlsson – Baixo (Therion, Treat, Martina Edoff, Groundbreaker)
Richard Larsson – Teclados (The Night Flight Orchestra)
Chris Laney – Teclados (Pretty Maids, Laney’s Legion, Animal)
Erik Wiss – Teclados (Cap Outrun)
Jonas Källsbäck – Bateria (The Night Flight Orchestra, Mean Streak)
Efraim Larsson – Bateria (Streamline, Diamond Dawn)
Robban Bäck – Bateria (Mustasch, Eclipse, Sabaton, W.E.T)
Henrik Sethsson – Backing Vocals (Casanovas)

O álbum abre com a introdução “The Gathering”, onde todos os instrumentos foram tocados por Olsson. É uma faixa que funciona para o seu propósito introdutório sem falsa intermediação (Eu costumo ouvir muitos erros em faixas que sinalizam para uma breve introdução, se encaixando mais a uma faixa completa) e nos leva diretamente para a primeira prova real do álbum “Forever And A Day“, cantada por Strid. Agora sabemos que tanto o Strid ama o Metal quanto o seu AOR, então não é um choque que ele traga este fenomenal pop-rock para dentro deste álbum. Se analisarmos o desempenho de Strid cantando é quase impossível não encontrar um leve aceno para a The Night Flight Orchestra. “Forever And A Day” foi lançada como single no final de 2017 e é realmente um mistério que as rádios do estilo não apreciaram isso.

O último single “Love Will Stay Alive”, cantado por Altzi, segue e trás um grande groove que mistura o Classic Rock com o AOR em um grande fluxo e um refrão que atinge logo de cara o potencial de sucesso que aqui é infinito.

Savior” segue o álbum em ritmo mediano e cantada por Apollo Papathanasio, seguindo pelo Hard Rock com uma melodia principal tipo AOR e um pouco de Melodic Rock. Os versos são um pouco mais descontraídos, mas o refrão é enorme e mais cativante e se existe uma música neste álbum que não se qualifica como um single futuro? Bem, esta obviamente faz. Impressionante!

Em “Passing Rain“, recebemos uma balada poderosa. É ao mesmo tempo atenuada e atmosférica, mas também muito direta e com uma vibração mais sombria. Altzi canta essa canção com convicção e alma, o cara realmente pode segurar uma balada sem perder a essência. É cativante e memorável mas distante do estilo brega que muitas baladas representam.

Em “Out of my life” o ritmo se eleva em uma energia contagiante fornecida pelas guitarras, descobri que Tobias Jansson é um grande cantor de Rock melódico o que garante ao álbum algumas gratas surpresas. Jens Westin é bem-vindo ao centro do palco em “Lonely Road“. Sempre surpreendente em seus trabalhos, anteriores mas aqui ele apresenta uma nova dinâmica de alto desempenho se encaixando a melodia de forma primorosa. Nona faixa “Angels” soa como uma música que você ouviu em algum lugar antes, mas não é, apenas algo familiar com as melodias cativantes, eu acho que algumas coisas soam parecidas no estilo ou não existe muito para diferenciar, de qualquer forma a qualidade é mantida e o álbum segue sem que a audição se torne massiva.

Nós encerramos o álbum em “Battle Cry” e, claro, Rick Altzi nos prova facilmente porque é ele quem reina neste álbum, mantendo vocais limpos e potentes que serão um pulo para abrir o apetite em ouvir mais de Masterplan.

Eu devo dizer que este é um álbum que impressiona pela qualidade mas talvez o aspecto melódico pudesse ser melhor aproveitado, embora seja a medida certa dos apreciadores de AOR. Também é o primeiro passo deste super projeto então possivelmente podemos ter muitas surpresas futuramente.

Faixas:
01. The Gathering
02. Forever And A Day
03. Love Will Stay Alive
04. Endless Paradise
05. Saviour
06. Passing Rain
07. Out Of My Life
08. Lonely Road
09. Angels
10. Long Way From Home
11. The Runaway
12. Battle Cry

Facebook Oficial

  • 9/10
    - 9/10
9/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish