Resenha: Fred Mika – Withdrawal Symptons (2018)

by Anderson Frota

O fato de não ter transcorrido assim tanto tempo, depois do lançamento do álbum “Wing Seven” do Sunroad, não foi empecilho para que o baterista Fred Mika, fundador e único membro original daquela banda, deixasse passar a oportunidade de registrar seu álbum solo. “Withdrawal Symptons” veio ao mundo em 2018 e recebeu o subtítulo de “The Thirty-Three Years Celebration”, marcando os trinta e três anos de carreira do músico.

Os detalhes da produção do disco, porém, demonstram que Fred não se distanciou sobremaneira de sua banda principal para realizar o trabalho. A produção teve o apoio do guitarrista Netto Mello (que hoje não integra mais o Sunroad) e a parte de composição foi dividida com o vocalista e tecladista André Adonis.

Adonis foi além e assumiu todas as partes de guitarra, baixo e teclado do álbum, em perfeito desempenho. Quanto aos vocais… Bem, o disco representa uma celebração e, portanto, não seria completo se não houvessem vários convidados. As nove faixas cantadas são divididas entre nove intérpretes que representam a nata do Hard e do Classic Rock atual, embora a distribuição não seja na proporção de uma para cada, conforme veremos adiante.

Musicalmente, o que encontraremos é o bom e velho Hard Rock. Não no seu sentido mais festeiro e, sim, na interpretação mais classuda do gênero. Aquela vertente que está mais inclinada para o som de bandas como Dokken, Dr. Sin ou Mr. Big. A primeira faixa logo após a intro, “The Coming of Symptons”, inicia com um riff bem Whitesnake, mas desvia-se rapidamente para outra direção. Coube ao cantor Carl Dixon a honra da abertura, e ele possui currículo suficiente para tanto, pois traz, em sua bagagem, passagem por bandas lendárias como Coney Hatch, April Wine e Guess Who.

Um pouco mais de peso surge em “Artwork Nightmare”, e é normal que seja assim, pois o vocalista Michael Vöos já integrou formações como Mad Max e Michael Schenker Group. Uma constante ao longo da audição é que todos os cantores se mostram muito confortáveis em suas participações, demonstrando que a escolha de cada um foi pensada com meticulosidade.

“Sly Side Effect”, com a voz de Haig Berberian, capricha no andamento mais grooveado, enquanto que André Adonis separou “Silence In Heaven” para si, sendo complementado pelo talk box de Fred. “Saint Spirits & Slaves Sinners”, com Rod Marenna, é puro AOR oitentista e antecede o meu momento preferido do disco, a trinca de canções iniciadas por “First Day Without You”.

Esta canção pertence ao repertório do álbum “Flying n’ Floating”, lançado pelo Sunroad em 2006, recebendo uma versão acústica no disco “Carved In Time”, de 2013. Aqui, ela reaparece no formato acústico, com a voz de Daniel Vargas e os backing vocals de Tito Falaschi. Quase não parece haver intervalo entre a mesma e a instrumental “Sharppia”, que apresenta toques flamencos na melodia e que irá se fundir à introdução de “Drawning of Aquarius”, onde o timbre de Steph Honde faz complemento ao teor místico da letra.

O último convidado a surgir é Mario Pastore, com “Second Skin Arena”, mantendo a linha de peso que a faixa anterior apresentou, com aquele tipo de performance que já é esperada de uma das principais vozes brasileiras. O disco fechará com a clássica “Miss Misery”, do Nazareth, onde Adonis entrega uma interpretação que respeita o mestre Dan McCafferty. “Withdrawal Symptons” conclui como um trabalho impecável, cuja única pequena falha escontra-se em seu conteúdo extramusical. A fonte utilizada na contracapa do encarte, onde estão as fotos dos vocalistas, surgiu muito apagada na impressão de minha cópia. Existem duas linhas de texto na parte inferior da folha que são virtualmente impossíveis de ler, além de uma dedicatória com o mesmo problema. Mas isso não macula o álbum. A celebração foi perfeita e todos os convidados podem se declarar satisfeitos ao final, tanto aqueles que participaram diretamente, quanto aqueles que estão aqui, do outro lado das caixas de som!

 

Músicas

01 The Coming Of Symptoms

02 Wired In

03 Artwork Nightmare

04 Sly Side Effect

05 Silence In Heaven

06 Saints Spirits & Slaves Sinners

07 First Day Without You – acoustic version

08 Sharppia

09 Dawning Of Aquarius

10 Second Skin Arena

11 Miss Misery

  • 9.5/10
    - 9.5/10
9.5/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish