Resenha: Crest Of Darkness – The God of Flesh (2019)

by Tatianny Ruiz

Black metal norueguês em sua pura essência, CREST OF DARKNESS, o projeto paralelo de Ingar Amlien, o homem por trás do baixo da lenda norueguesa Conception está prestes a lançar mais um álbum em 6 de dezembro, “THE GOD OF FLESH” pela My Kingdom Music.

Com arte da capa por Marius Engli Andersson e nove faixas, CREST OF DARKNESS traz neste novo esforço a pura essência satânica em um álbum brutal revigorando sua própria história que remete desde 1993.
Esta é uma banda que eu tenho muito prazer em escrever sobre, afinal eles estão praticamente no “quintal da minha casa” na minha amada Gjøvik, além disso estes são músicos muito experientes e aprofundados em conhecimentos obscuros, espiritualismo, temas destrutivos e anti-cristianismo, fazendo muitas bandas soarem como apenas “belas donzelas” em uma cena defasada em lançamentos.

Passamos ao álbum e uma das maiores qualidades é encontrada imediatamente, produção, CREST OF DARKNESS pode querer ser tão inflamável quanto o próprio inferno mas a sonoridade cristalina está em evidência e faixas como “The Child With No Head” dispõem de bateria rápida e guitarras voláteis explodindo a frente do vocal agudo de Ingar sem que aquela velha estrutura do passado esteja presente.

Blood” é outra faixa feroz, embalada em heavy riffagem a banda paira confortavelmente por outros elementos e é claro que os anos de experiência contaram muito até aqui, estes músicos sempre estiveram na linha paralela do cenário, contornando as novas influências e mantendo as raízes truncadas ao extremo sangranto como poucos fazem atualmente.
Nos seguimos a audição em “Endless Night” e “Euthanasia” e podemos sentir uma ligação com ‘In The Presence of Death‘ (2013) arremessando tudo até ‘Welcome the Dead‘ (2016), as faixas soam agressivamente fortes em um amplo trabalho de bateria e guitarras, cortesia de Bernhard e Rebo.
The God of Flesh‘ ainda oferecera elementos progressivos e melodias inesperadas em “Forgotten” e “Salvation In Hell“, e embora eu não sinta uma maior expansão das letras ao vampirismo que banha em sangue este álbum CREST OF DARKNESS sucumbi as energias em uma escuridão sonora expressiva, crua e potencializada por experiência.

Track listing
1 – The God Of Flesh
2 – The Child With No Head
3 – Endless Night
4 – The Spawn Of Seth
5 – Forgotten
6 – Euthanasia
7 – Blood
8 – Godless Evil Eyes
9 – Salvation In Hell

Membros da banda
Ingar Amlien – Vocal e baixo
Rebo – Guitarras
Bernhard – Bateria

WEBSITE|FACEBOOK|INSTAGRAM

Pré-venda e demais serviços de streaming clique AQUI.

  • 9/10
    Crest Of Darkness – The God of Flesh - 9/10
9/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish