O dia em que o Iron Maiden bateu de frente com um dos mais populares programas da TV britânica

by Alexandre Temoteo

O Iron Maiden é com toda certeza uma das melhores bandas ao vivo até hoje, mesmo com quase 45 anos de história. Já pensou desperdiçar um show desses com playback? Pois é, isso quase aconteceu.

Em 1980, quando o grupo ainda tinha Paul Di’Anno nos vocais, o Maiden foi convidado para se apresentar no Top of the Pops. O programa musical britânico é um dos maiores de sua categoria, e por muitos anos serviu como uma verdadeira catapulta para várias bandas bem grandes.

O grupo havia acabado de lançar “Running Free”, primeiro single de seu disco de estreia, homônimo, que saiu naquele ano. Com o sucesso da canção e o crescimento do movimento New Wave Of British Heavy Metal, a BBC decidiu chamar os caras para uma apresentação. O problema é que a emissora exigia que as bandas e artistas dublassem suas canções, para que tudo ficasse o mais “certinho” possível.

O Iron Maiden, é claro, odiou a ideia. Mesmo ainda com pouco tempo de estrada, o grupo bateu o pé e disse que só iria se pudesse fazer tudo ao vivo — o programa, é claro, aceitou. Rod Smallwood, então assessor da banda, disse (via Louder Sound):

“Anteriormente, tínhamos dito à nossa gravadora, a EMI, que nunca faríamos o Top of the Pops a menos que pudéssemos tocar ao vivo. Afinal, éramos uma banda de Heavy Metal, não atrações pop. ‘Running Free’ saiu e nos convidaram. Bem, ninguém desde o The Who, em 1974, fez isso ao vivo, mas nós insistimos e dissemos: ‘se não for ao vivo, não tem Maiden’.”

Já o baixista Steven Harris confessou que não curtia muito o conceito do programa:

“Eu era um pouco contra o Top Of The Pops. Eles nunca chamaram ninguém decente, e eu fui realmente inflexível em não aceitar se eles não nos deixassem tocar ao vivo. Eu apenas pensei: ‘Fodam-se eles. O que eles já fizeram por mim?’”

Fonte: Tenho mais discos que amigos

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish