Metallica: 24 anos do álbum Load

by Pedro Henrique

Hoje um dos álbuns mais polêmicos do Metallica completa 24 anos, apesar de ter levado a banda para um outro nível de mainstream, ele ainda consegue ser odiado por alguns fãs das bandas, tanto os mais velhos quanto os mais novos, totalmente condenado pela legião dos “True Headbangers” os verdadeiros Thrashers ainda mostram repulsa pelo álbum, vamos relembrar o caso do polêmico álbum.

Em 1991 o Metallica tinha lançado o famoso e notável Black álbum, o que já tinha gerado desconforto nos fãs dos álbuns lançados na década de 1980, pelo motivo de musicas mais comerciais, mais simples e com menos peso, apesar de não terem desagradado a maioria dos fãs, alguns ja começaram a torcer o nariz para a banda, dai foi só ladeira a cima para Metallica, turnês em estádios lotados, turne com Guns ‘n’ Roses, eles haviam se tornado um sucesso mundial.

Mas o problema veio em 1996, quando o álbum Load foi lançado, trazendo uma sonoridade mais Blues/Hard Rock, até mesmo algumas faixas meio country, saindo mais longe do metal, e também trazendo uma nova roupagem, cabelos curtos, maquiagem e declarações polemicas como não se interessarem mais em fazer metal, tudo isso causou uma revolta nos fãs de Metallica e de metal em geral, a banda foi até acusada de terem se vendido para mídia, mas querendo ou não o álbum foi um sucesso comercial, e trouxe novos fãs para banda, pessoas que nunca nem ouviram Metallica ou outra banda de metal começaram a ouvir a banda, indo em shows e dizendo que Load é melhor álbum da banda, isso até dividiu o publico, uma guerra e discussão entre os fãs do “Verdadeiro Metallica” e do “Metallica Poser”.

Mas agora falando do álbum em si, se fosse realmente ruim não teria chegado onde chegou, mas também não significa que os fãs do “Verdadeiro Metallica” precisam gostar, musicalmente falando ele é um álbum competente e até os que não gostam dizem que tem uma musica ou outra que salvam, podemos citar “Ain’t My Bitch” “King Nothing” ou “Until It Sleeps”. Mas tudo é questão de gosto, cada um tem o seu.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish