Judas Priest: K.K Downing lembra a origem das confusões envolvendo o Iron Maiden

by Alexandre Temoteo

Durante entrevista para Eddie Trunk o ex guitarrista do Judas Priest K.K. Downing, revelou as origens da rixa entre sua banda e o Iron Maiden. O músico do Priest lembrou de como o Maiden fez provocações na imprensa especializada antes de sairem como banda de abertura para a “British Steel Tour”.

“Terminamos de gravar ‘British Steel’ e estávamos para sair em turnê (com o Iron Maiden abrindo). Então, eu li em uma revista sobre música que (os músicos do Iron Maiden) disseram algo como: ‘vamos arrebentar com o Priest’. Eu pensei: ‘que merda é essa?’. Ainda estávamos em estúdio e eu pensava: ‘quem são esses caras?’. Por que deveríamos tê-los em turnê conosco se eles vão criar esse tipo de situação antes mesmo de nos conhecermos? Eu disse: ‘vamos nos livrar deles e chamar alguém que realmente goste da oportunidade'”, lembrou o guitarrista.

Downing afirmou que os membros do Judas Priest chegaram a um acordo para procurar por outra banda de abertura, mas o fato foi que não aconteceu. “Estávamos ainda nos ensaios e uns caras chegaram e sentaram em frente a mim. Perguntei quem eram e o meu roadie de guitarra disse: ‘oh, essa é a banda de abertura’. Questionei quem os convidou, pois estava pensando no que li na imprensa, e pedi para que ele falasse para eles saírem, pois não haviam sido convidados. Não vi nenhum convite, ninguém me disse que eles viriam num momento em que estávamos trabalhando nas músicas para o show. Foi o que aconteceu”, afirmou.

Apesar de todo o ocorrido, o Iron Maiden saiu em turnê como banda de abertura do Judas Priest. “Não dá para dizer que eles nos arrebentaram. Éramos bem mais estabelecidos na época e aqueles caras ainda estavam subindo na hierarquia. A turnê rolou, mas não havia uma boa atmosfera e não foi algo que gostei que tivesse acontecido”,

E aconteceu mais de uma vez. “Disseram que o Iron Maiden iria abrir para nós na primeira turnê deles pelos Estados Unidos (em 1981). E eu falei: ‘não, de novo não, dá para não ter esses caras com a gente?’. Mas eles vieram mesmo assim e criaram transtornos, por diferentes motivos. Isso levou a um confronto e ficou um pouco feio. Não sei exatamente como aconteceu, mas eu me encontrei com Paul Di’Anno muito tempo depois, por volta de 1995, e ele disse: ‘ei, K.K., sentimos muito por aquela fala na imprensa’. Isso é tudo o que você precisa. De qualquer forma, são águas passadas. Eles eram jovens, estavam subindo nas fileiras, eram um pouco delinquentes, mas, pelo menos, eles tinham ‘bolas’, sabiam o que queriam”,

Em sua autobiografia, Paul Di’Anno admitiu que ele mesmo foi a razão para a rixa , algo que K.K. Downing negou em uma entrevista anterior. “Paul pediu desculpas para mim, um grande gesto, mas não foi a principal razão para a rivalidade”, disse K.K., à revista Rock Hard, em 2003. Na época, Downing disse que os membros do Iron Maiden foram “arrogantes” e que o episódio da passagem de som o irritou porque eles estavam lá para observar “tudo o que a gente fazia, cada movimento de palco e das luzes – não me entenda mal, mas eles poderiam ter perguntado antes”.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish