Girls on the Front: a diva Floor Jansen

by Daniela Farah

Como todos sabem o mês de março é o mês das mulheres e nós da Roadie Metal não poderíamos deixar passar isso em branco, afinal, temos grandes e incríveis influências femininas no HEAVY METAL.

GIRLS ON THE FRONT é um quadro criado por 4 redatoras para falar sobre mulheres e para encorajar outras a continuar o seu objetivo na música e contaremos a vida e carreira de mulheres no metal brasileiro e internacional.

E hoje trazemos a belíssima Floor Jansen. 

Floor Jansen nasceu em 21 de fevereiro de 1981, em Goirle, uma província do sul dos Países Baixos. Floor começou a cantar cedo e se apaixonou pela música ao estrelar um musical da escola, quando tinha 15 anos. Um ano depois entrou para o After Forever, em 1997, uma das primeiras bandas femininas a ter destaque na cena da região. A cantora também fez aulas de piano clássico, flauta e guitarra elétrica, mas foi em 1999 que ela entrou para a Rock Academy e se especializou em canto popular e indústria fonográfica. O curso durou cinco anos e ela apresentou como trabalho final o quarto álbum de estúdio da After Forever, “Invisible Circles”, tirando a nota 9. 

Em 2007, a After Forever assinou com a Nuclear Blast e lançou seu quinto álbum. No ano seguinte resolveram fazer um sabático porque o guitarrista Sander Gommans teve um severo esgotamento por conta do stress e da pressão. Floor se reuniu com o guitarrista norueguês Jörn Viggo Lofstad e juntos criaram o Northward. A cantora quis continuar com sua carreira e montou o ReVamp, em colaboração seu antigo amigo do After Forever, Joost van den Broek e o guitarrista do Grip Inc, Waldemar Sorychta, quem assumiu a bateria foi Koen Herfst. Eles lançaram em 2010 o primeiro álbum pela Nuclear Blast e fizeram uma turnê com o Epica. 

Quem sentiu o peso do stress dessa vez foi a própria Floor, que tirou férias de um ano e meio. “Não foi apenas um momento de não me sentir bem ou de não ter energia. Foi um colapso completo. Eu era literalmente incapaz de fazer qualquer coisa – eu não podia nem fazer compras ou ir a um shopping. Qualquer tipo de grandes espaços, barulhos altos, lugares assim.”, contou a vocalista. “Não era algo que estava lá há um mês; isso é algo que aconteceu ao longo de um ano. Acho que todo mundo faz isso do seu próprio jeito, e a única maneira de sair disso é reconhecê-lo. Eu pessoalmente o ignorei por muito tempo e é por isso que demorou tanto tempo para ficar tão profundo. É uma coisa assustadora.”, continuou.

Assim que ela se recuperou, passou a trabalhar, lentamente claro, no segundo álbum do ReVamp, junto do guitarrista Jord Otto e do tecladista Ruben Wijga. Assim surgiu o álbum “Wild Card”, que foi lançado em agosto de 2013. Isso porque o processo precisou ser atrasado um pouquinho. Floor recebeu uma ligação importante e surpreendente no final de setembro de 2012: o Nightwish precisava de alguém que substituísse Anette Olzon na turnê Imaginaerum nos EUA. “Eu ingressar no Nightwish era completamente imprevisto. Naquela época da minha vida, eu ainda não queria desistir do ReVamp. Ainda não pensava em me afastar da Holanda.”, disse Floor. Mas logo ela precisou tomar uma decisão e se tornou vocalista do Nightwish oficialmente, gravando o “Endless Forms Most Beautiful”, lançado em 2015. 

Em 2017, o intervalo do Nightwish veio e a cantora aproveitou a oportunidade para entrar em contato com Jorn Viggo e ressuscitar o Northward. Quase dez anos depois, os dois se reuniram com Morty Black no baixo e Jango Nilsen e Stian Kristoffersen se revezaram na bateria. “A música é melódica, mas também na sua cara e rock chute. Riffs legais, boas melodias, arranjos de bom gosto. Gostaríamos simplesmente de chamá-la de ‘Good Music’. Queríamos explorar um som básico de rock, com bateria, baixo , guitarra e vocais. Não as camadas pesadas de teclados, coros etc. “ disse Floor sobre o som de Northward.

O novo álbum do Nightwish está, intitulado “Human. :II: Nature.”, está previsto para o dia 10 de abril e será lançado pela Nuclear Blast. Um dos fatos que chama a atenção sobre Floor, além da sua voz, claro, é sua altura, 1,84 metros. 

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish