Exodus: guitarrista Gary Holt adianta que novo álbum será lançado ainda em 2020

by José Eduardo Brondi

Na última quarta-feira (12 de fevereiro), o guitarrista do EXODUS, Gary Holt, falou à TV Kaaos da Finlândia sobre os planos da banda para fazer o acompanhamento do álbum “Blood In Blood Out” de 2014. Ele disse (veja o vídeo abaixo): “Estaremos no estúdio, espero, neste verão. Estamos em casa neste verão, exceto por um show no festival Dynamo [na Holanda]. Não estamos fazendo um verão europeu  ou turnê do festival ou nada, e nós vamos trabalhar no novo disco. E é fodidamente pesado. [Risos] É muito pesado. [Risos]”.

Gary continuou dizendo que ele “já escreveu muitas coisas” para o próximo LP do EXODUS. “Eu nunca paro de escrever”, ele revelou. “Eu tenho riffs suficientes para cinco álbuns agora. Vou continuar escrevendo até começarmos a gravar.”

Quanto a uma possível data de lançamento do novo disco do EXODUS, Holt disse: “Espero lançá-lo até o final do ano. Vamos ver como vai à programação e tudo mais”.

Holt também falou sobre retornar ao EXODUS como membro em tempo integral, depois de tocar com o SLAYER por quase uma década, como substituto do falecido guitarrista Jeff Hanneman. Ele disse: “[Quando comecei a tocar com o SLAYER], pensei em ajudar os caras até Jeff voltar. E pensei que talvez [ficaria lá por] seis meses no máximo. E a tragédia aconteceu, e a próxima coisa que sei é que são quase nove anos. E foram nove grandes anos, e nos divertimos muito, apesar da tragédia que resultou em eu ainda estar lá. Mas no final do dia, eu estou feliz por estar de volta aqui. Esta é minha família. SLAYER também é minha família. Esta é minha primeira família. Eles são a segunda família. E esses caras são meus amigos de infância. Por isso, é bom estar de volta com eles”.

Gary também rejeitou a sugestão de que tocar com SLAYER o inspirou a escrever um novo material para o EXODUS. “Esses são mundos totalmente diferentes”, explicou. “Meu trabalho no SLAYER era tocar as músicas, tocá-las bem e sair e desfiar o mais rápido possível durante todo o show. E foi legal. E foi bom para as minhas peças principais, porque há muitos solos nas músicas do SLAYER, especialmente para mim, porque eu fiz todos os solos de Jeff, e Jeff tinha muitas passagens. Então foi legal. Eu tenho que brilhar e fazer minhas coisas na frente de muitas pessoas . Mas estou feliz por estar de volta aonde pertenço”.

Holt ingressou no EXODUS em 1981, logo após a formação da banda, e tem sido seu principal compositor desde então. Holt se apresentou em todos os álbuns do EXODUS e é considerado uma grande influência no mundo do thrash metal. Em 2011, ele começou a se juntar a Hanneman nos shows ao vivo do SLAYER e tornou-se co-guitarrista em tempo integral da banda a partir de 2013, enquanto continuava sendo membro do EXODUS. Em outubro de 2014, o EXODUS lançou seu décimo álbum de estúdio, “Blood In Blood Out”, pela gravadora Nuclear Blast.

“Blood In Blood Out” marcou o primeiro álbum do EXODUS desde a saída do vocalista do grupo de nove anos, Rob Dukes, e o retorno de Steve “Zetro” Souza, que anteriormente liderou o EXODUS de 1986 a 1993 e de 2002 a 2004.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish