Especial: 10 bandas com mais de 50 anos e que ainda estão na ativa

by Gustavo Troiano

Neste dia 13 de julho, data em que é reconhecido no Brasil como o Dia Mundial do Rock, resolvi relembrar 10 grandes nomes do Rock que contam na bagagem com meio século de existência e que ainda nos proporciona grandes momentos dentro deste estilo tão vibrante.

A data que celebra anualmente o Rock foi escolhida em homenagem ao Live Aid, megaevento que aconteceu nesse dia em 1985. A celebração é uma referência a um desejo expressado por Phil Collins, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o “Dia Mundial do Rock”.

O evento também ficou conhecido por contar com grandes artistas do gênero, como Queen, Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood, Elton John, Paul McCartney, David Bowie, U2 entre outros.

Vamos à lista então:

10º – Aerosmith (1970)

A banda foi formada em Boston, em Massachusetts, em 1970. O guitarrista Joe Perry e baixista Tom Hamilton, originalmente integrantes de uma banda chamada Jam Band, se encontraram com o vocalista Steven Tyler, o baterista Joey Kramer e o guitarrista Ray Tabano e formaram o Aerosmith. Em 1971, Tabano foi substituído por Brad Whitford, e a banda começou a atrair seguidores em Boston.

9º – ZZ Top (1969)

O ZZ Top surgiu em 1969 no Texas. A formação original veio da banda The Moving Sidewalks, formada por Billy Gibbons (guitarra), Lanier Greig (baixo) e Dan Mitchell (bateria). Lanier Greig foi demitido e em seu lugar entra Bill Ethridge. O próximo a sair foi Dan Mitchell, substituído por Frank Beard que veio da banda American Blues. E pouco tempo depois, Bill Ethridge saiu e entrou Dusty Hill, que também veio da banda American Blues.

8º – Judas Priest (1969)

Em setembro de 1969 no povoado de West Bromwich —próximo a Birmingham— o vocalista Al Atkins formou uma nova banda com seus amigos Bruno Stapenhill no baixo, John Perry na guitarra e John Partridge na bateria. No entanto, após alguns dias Perry faleceu em um acidente automobilístico, e então tiveram que procurar um novo guitarrista. Para isto, fizeram audições em uma pequena sala em Birmingham onde chegaram, entre outros, a K.K. Downing, mas que não fora aceito devido à pouca experiência que tinha na época. Finalmente o escolhido foi Earnest “Ernie” Chataway, que também sabia tocar gaita e teclado, e que provinha da banda Earth, o protótipo do que seria mais tarde o Black Sabbath.

Por sua vez passaram a experimentar diversos nomes, até que Stapenhill propôs que se chamassem Judas Priest, nome retirado da canção “The Ballad of Frankie Lee and Judas Priest” do cantor Bob Dylan.

7º – Yes (1968)

O Yes foi formado em 1968 pelo vocalista Jon Anderson e pelo baixista Chris Squire. Jon Anderson já havia gravado um compacto em 1964 como membro do The Warriors, uma banda formada pelo seu irmão, Tony Anderson, e posteriormente gravou alguns compactos pela Parlophone Records sob o pseudônimo Hans Christian Anderson. Durante pouco tempo, Chris Squire foi membro da banda Gun e da The Syn, uma banda de rock psicodélico que gravou alguns compactos para a Deram Records. Após o fim do The Syn, Squire passou um ano dedicando-se a desenvolver sua técnica no baixo, altamente influenciado pelo baixista John Entwistle, do The Who. E então, em maio de 1968, ele conheceu Anderson em um clube noturno em Soho, chamado La Chasse, aonde Anderson estava trabalhando. Os dois possuíam um interesse em comum por harmonias vocais e começaram a trabalhar juntos no dia seguinte.

6º – Made in Brazil (1968)

A banda foi formada no bairro da Pompeia, na cidade de São Paulo pelos irmãos Oswaldo Vecchione e Celso Vecchione. É uma das bandas de Rock and Roll mais antigas em atividade no Brasil, e com muita importância no panorama roqueiro dos anos 70, considerada uma lenda do gênero.

5º – Deep Purple (1968)

Formada em Hertford, Hertfordshire, em 1968, O Purple juntamente com as bandas Black Sabbath e Led Zeppelin, é considerado um dos pioneiros do Heavy Metal e do Hard Rock moderno, embora alguns de seus integrantes tenham tentado não se categorizar como apenas um destes gêneros. A banda também incorporou elementos do barroco, da psicodelia, do blues e do rock progressivo ao seu som.

4º – Uriah Heep (1967)

Formada no final dos anos 1960, a banda se caracteriza por suas canções melódicas e vocais harmoniosos (em virtude do fato de todos os integrantes cantarem), além do uso do órgão Hammond B3 e guitarra com pedal wah-wah. Embora muitos considerem Uriah Heep, ao lado de Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath as 4 melhores bandas de Hard Rock/Heavy Metal do final dos anos 60 e início dos anos 70, é de conhecimento geral que não são nem um pouco conhecidos perto das anteriores.

3º – Scorpions (1965)

O grupo começou em 1965, quando o guitarrista Rudolf Schenker começou a procurar músicos para sua banda. Um ano após a criação do grupo, ele deu o nome de “Scorpions”. No começo ele também era vocalista do grupo, que era composto principalmente por jovens em idade escolar: Wolfgang Dziony (bateria), Karl-Heinz Vollmer (guitarras) e Achim Kirchhoff (baixo). Entre 1965 e 1967 no norte da Alemanha, a banda realizava shows tocando covers. Nos próximos meses, o Scorpions se dedicou a fazer suas próprias composições, e ao contrário de outros grupos de seu país, suas letras são totalmente em inglês, porque era a única maneira de se tornarem conhecidos na Europa Ocidental.

2º – The Who (1964)

A primeira banda que pode ser considerada a base do Who foi um grupo de “trad jazz” com elementos de skiffle montado por Pete Townshend e John Entwistle, chamado The Confedereates. Townshend tocava banjo e Entwistle trompa (instrumento que ele continuaria a usar no Who e em sua carreira solo). O vocalista Roger Daltrey conheceu Entwistle na rua (enquanto este último carregava seu baixo pendurado no ombro) e o chamou para entrar para sua banda. Entwistle concordou e sugeriu Townshend como guitarrista rítmico.

No princípio essa banda era conhecida como The Detours. Assim como muitos de seus contemporâneos britânicos, o grupo era fortemente influenciado pelo blues americano e country music, inicialmente tocando mais rhythm and blues. A primeira formação consistia em Roger Daltrey na guitarra base, Pete Townshend na guitarra rítmica, John Entwistle no baixo, Doug Sandom na bateria e Colin Dawson nos vocais. Depois de Dawson deixar a banda, Daltrey assumiu sua vaga e Townshend se tornou o único guitarrista. Em 1964 Doug Sandom saiu do grupo, e Keith Moon se tornou seu baterista.

1º – The Rolling Stones (1962)

Tudo começou em 1960, quando os dois amigos de infância, Mick e Keith, se reencontraram em um trem na estação de Dartford, Inglaterra, e descobriram um interesse em comum por Rock and Roll. Foram convidados pelo guitarrista Brian Jones em 1962 a montar a definitiva banda de R&B branca, que se chamaria The Rolling Stones, inspirado no nome de uma canção de Muddy Waters, Rollin’ Stone, cujo nome foi utilizado oficialmente, pela primeira vez, em sua apresentação no Marquee Club de Londres em 12 de julho de 1962. Em 2020 os Rolling Stones celebraram o 58º aniversário de criação da banda, que ostenta o título do conjunto de rock mais antigo ainda em atividade.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish