Dragonforce: Herman Li fala por que deixou Ibanez: “não está apta para fazer o instrumento que preciso para meu trabalho”

by Jéssica Alves
herman li

O guitarrista e fundador do Dragonforce, Herman Li, em entrevista a Justin Beckner, da Ultimate Guitar, falou sobre deixar a Ibanez Guitars, depois de muitos anos tocando os instrumentos da empresa. Ele também falou sobre todas as guitarras que ele tem em sua coleção, o que ele procura em um instrumento e sua rotina de praticar o instrumento.

Eu sempre gostei de guitarras. Tenho uma grande coleção de guitarras. Nem sei quantas t enho, talvez 200, que não acompanho há algum tempo. Tenho guitarras Jackson, PRS, várias marcas diferentes além da Ibanez. Eu sempre me interessei muito pela construção de guitarras. Para mim, é realmente importante que minhas guitarras cresçam comigo. Preciso que elas consigam o que eu preciso que eles façam no momento”, disse

Durante a entrevista, Li enfatizou que busca instrumentos além do que atualmente a Ibanez produz:

“Uma guitarra é uma ferramenta para mim, é uma ferramenta para o trabalho de ser músico. Ibanez não é capaz de fazer o instrumento que eu preciso para fazer o meu trabalho. Se eu não tiver a ferramenta para fazer o meu trabalho, estou sem emprego”, enfatizou o guitarrista.

Sobre a sua prática com a guitarra, Herman diz que gosta de praticar site de streaming Twitch.

“Hoje em dia eu pratico no stream e isso o desafia em um nível diferente. Você pode conversar e jogar ao mesmo tempo? Você pode ler o seu bate-papo ao mesmo tempo? Você pode esfregar a barriga com o pé com o cachorro enquanto joga um solo de guitarra enquanto em um fluxo? Isso desafia sua mente para que você possa tocar com todos as distrações para que quando você toca no palco, você possa se apresentar”

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish