Death Angel: Will Carroll diz que é lamentável a forma com que está sendo noticiada sua experiência de vida após a morte

by Maria Clara Goé

O baterista do Death Angel, Will Carroll, falou recentemente que enquanto estava em coma em decorrência do Covid-19, teve uma experiência de vida após a morte, onde ele se viu saindo do seu corpo e indo para o inferno, onde Satanás o castigou por seus pecados.

E durante uma entrevista com March Lowe, da Mosh Mag, ele falou sobre a forma sensacionalista com que alguns noticiários repercutiram essa história, e distorceram muito as suas falas:

“As visões que tive quando estava em coma eram bastante assustadoras e, quando acordei, eram tão claras quanto o dia em minha mente. Elas eram tão vívidas. Perguntei à enfermeira se eu ainda estava no inferno quando acordei, ela apenas olhou para mim e se afastou, então, sim, isso é uma pequena parte de uma história maior, como sobreviver ao COVID e ficar em coma por 12 dias, e os médicos pensaram que eu ia morrer. Eles ficaram chocados quando eu estava acordado e quando cheguei. Então, isso definitivamente ficou comigo um pouco mais do que apenas as visões de ir para o inferno. Mas é lamentável que esses meios de comunicação tenham estragado minha história, a regurgitado, e contaram do seu próprio jeito. Quando você recebe o vocalista do Stryper [banda abertamente cristã], você sabe que há algo errado. [Risos]”.

Will também foi perguntado sobre a sua reação com a quantidade de mensagens e correntes de apoio de fãs, que ocorreu na internet logo após a sua situação médica ser anunciada:

“Sim, isso foi chocante. Na verdade, levou alguns dias para o hospital me devolver alguns dos meus pertences pessoais. Então, eu não tive meu telefone nos primeiros dois dias em que eu estava acordado, mas quando eles finalmente me deram, liguei e não conseguia acreditar quantas pessoas da comunidade local e do exterior e pessoas de todo o mundo, pessoas que eu nem conheço, como Jay Jay French do Twisted Sister. Sim! Eu amo o Twisted Sister! Foi muito legal, cara. Fiquei impressionado e sem palavras. Isso faz parte do meu despertar espiritual. Nunca acreditei realmente no poder da oração, do karma ou de qualquer coisa desse tipo, e essa experiência me fez reavaliar algumas coisas. Não sou cristão nascido de novo ou algo parecido com a porra que estão tentando me fazer passar. Mas agora acredito no poder da oração. Realmente acredito”.

FONTE: Blabbermouth

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish