Dave Grohl: músico recusou convite do Pearl Jam após o fim do Nirvana

by Renan Soares

Segundo reportagem publicada do jornal “The Guardian”, Dave Grohl, vocalista e guitarrista do Foo Fighters, e ex-baterista do Nirvana, recusou um convite para se juntar ao Pearl Jam após a morte de Kurt Cobain, resultando consequentemente no fim do Nirvana.

Na matéria, é retratado os momentos difíceis que Dave passou por conta do suicídio de Kurt, tendo o primeiro disco do Foo Fighters sido um dos resultados do seu luto, onde ele gravou todos os instrumentos.

Em depoimento, Dave falou sobre a época, e também o porquê de ter recusado o convite do Pearl Jam: “Nunca pensei que seria um vocalista de uma banda. Após o fim do Nirvana, eu não queria tocar. E eu tinha certeza de que não queria ser o baterista de alguém. Sabia que aquilo me lembraria o Nirvana” (…) “Tenho muito orgulho. O Nirvana mudou minha vida para sempre. Porém, tinha hora que eu queria me afastar disso. Tocar um instrumento ou ligar o rádio me deixava triste. Então, eu percebi que fazer a coisa que sempre fiz – ir para um porão e gravar por minha conta – poderia reiniciar meu coração“.

Apesar de Dave nunca ter feito parte oficialmente do Pearl Jam, em uma ocasião em 1995, Grohl tocou bateria para a clássica banda de Seattle durante uma única música (cover de “Rockin’ in the Free World”, de Neil Young) durante show realizado em Melbourne.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish