Corey Taylor revela sua música favorita do Slipknot

by Giovani R. Turazi

Enquanto o icônico álbum de estreia do Slipknot faz 21 anos esta semana (sim … somos todos super-velhos, suspiro), o vocalista Corey Taylor relembra os primeiros dias da banda – e revelou que sua música favorita do Knot foi lançada no caminho de volta a 1999.

Em uma peça reflexiva para o Knotfest, Corey explica que sua música favorita “de longe” é o álbum experimental mais próximo do Scissors – e continua sendo o melhor, aos seus olhos, até hoje:

“Adoro, porque toda vez que tocávamos, o segundo tempo era improvisado”, explica ele. “Tocamos um no outro, de forma livre, prosa livre, tudo. Foi violento e lindo. Nada vai substituí-lo para mim – quando paramos de tocar ao vivo, tive dificuldade em apreciar nossos sets por um longo tempo. ”

Liricamente, Corey também aponta para a faixa três, Eyeless, como destaque, afirmando: “Eu sempre amei a letra de Eyeless. Eu nunca tinha escrito algo tão cru e aberto antes. Era tudo sobre a ausência do meu pai, ser um adolescente viciado e também ser forçado a entrar em NA e Alateen quando eu ainda estava fodido. No tratamento, eles ficavam me dizendo: ‘ Está tudo na sua cabeça ‘. Essa frase ressoa comigo até hoje.

O ex-baterista do Slipknot, Joey Jordison, também estava ficando nostálgico no início da semana, entusiasmando como o seu álbum de estréia “tornou todos os nossos sonhos realidade”:

“É quase difícil de acreditar como esses anos passaram como batidas explosivas”, disse ele. “Esse álbum foi e sempre será uma das melhores lembranças absolutas da minha vida. Não há nada lá fora, como o que fez para todos nós e o mundo do metal. Isso fez com que todos os nossos sonhos se tornassem realidade, e a reação geral dos fãs quase desabou em locais e estádios em todo o mundo. Não esperávamos, mas absolutamente explodiu!

“Estávamos tão determinados, famintos e prontos para enfrentar o mundo e o fizemos. Não temíamos ninguém, e isso apareceu quando subimos ao palco. Foi apenas ‘esse’ tempo. Total mistério que era. Obrigado a Monte Conner, Dave Rath e todos da Roadrunner Records … Sophia John, Ross “O Rei” Robinson e Chuck Johnson. Para os fãs, vocês fizeram isso acontecer para todos nós, e eu dedico esse aniversário para vocês !!! Metal para sempre. Obrigado eternamente!

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish