Big 4 das gravadoras: Relapse Records

by Flávio Farias

A partir de hoje, pelas próximas sextas-feiras, a ROADIE METAL, A VOZ DO ROCK traz para você uma pequena série chamada de “Big 4 das Gravadoras”, onde iremos trazer para você, caro leitor, quatro das mais relevantes gravadoras do Heavy Metal na atualidade, aquelas que superaram a pirataria e conseguem se manter abertas, convivendo com a nova tendência dos anos 2000, que é a música via streaming. Então uma por vez semana estaremos aqui, e com direito a um bônus de mais três gravadoras. E para abrir esta série, vamos falar da…

RELAPSE RECORDS

Em meio a tantas mudanças,na indústria fonográfica, a “Relapse” conseguiu chegar aos 30 anos de existência.

A “Relapse Records” é uma gravadora estadunidense fundada no ano de 1990 por Matthew F. Jacobson, atualmente com sede na cidade de Upper Darby, no estado da Pensylvania e conta em seu cast com bandas de Metal extremo, mas também de Heavy Metal, Punk, Hardcore, Doom Metal, Rock entre outros.

A história toda começou quando Jacobson resolveu criar o selo no porão da casa de seus pais, em Aurora, Colorado. Ele tentou, com sucesso, convencer um amigo a lançar um single da banda que ele tinha, chamada VELCRO OVERDOSE. Então foi com “Flesh Ripping Sonic Polka” que faria a Relapse Records emergir.

Como um sujeito visionário, Matthew começou a trabalhar incessantemente e como havia sido editor do fanzine “Horrendfield”, ele buscava contatos daquela época, Ele estabeleceu uma parceria com Bill Yurkiewicz, que por sua vez, tinha uma gravadora e havia lançado bandas como GENERAL SURGERY, DISRUPT, DESTROY, MISERY e EXIT-13 (esta era a banda de Yurkiewicz). Então, a proposta da dupla era de lançar música extrema com qualidade.

Logo depois a dupla assinava contrato com bandas como INCANTATION, SUFFOCATION e AMORPHIS. Em 1991, a gravadora passa a estabelecer sede em Millersville, na Pensylvania. E em 1992, é criada uma subsidiária, chamada “Release Entertainment”, que se especializou em lançamentos de estilos como Industrial, Noise, Experimental e Ambient Music, por exemplo. Mas a “Release” encerrou suas atividades.

As coisas foram indo muito bem e logo o selo criou uma operação de vendas por atacado e por correspondência e que logo se transformou no maior centro de distribuição do underground do Metal nos Estados Unidos, Seria criado a loja virtual, hoje hospedada no endereço store.relapse,com . Em 1996, a “Relapse” criou o “Resound Music Resource Guide” (Guia de Recursos de Música Sonora, em tradução livre), que consistia em dar acesso aos fãs para que estes pudessem acessar diretamente não só ao catálogo do selo, mas também de diversas gravadoras do mundo todo.

No ano de 1998, o selo abre um escritório na Alemanha, mais precisamente na capital, Berlim e também firmou um acordo de distribuição neste país, As coisas seguiam acontecendo e a “Relapse” seguia contratando bandas para o seu cast. No ano de 2001, é inaugurada sua primeira loja de discos físicos, na South Street, Filadélfia Em 2002, o selo se transfere para a sede atual, na Pensylvania.

Em 2003, a banda organiza o festival “Relapse Contamination Festival”, realizado no Trocadero Theatre, na Filadélfia. Este festival contou apenas com artistas que faziam parte do cast do selo. Nomes como NEUROSIS, THE KILLING ESCAPE PLAN, MASTODON e HIGH OF FIRE foram os protagonistas deste evento, que foi aclamado pela crítica especializada.

No ano de 2011, a “Relapse” fez um acordo com a família do saudoso Chuck Schuldiner e promoveu uma extensa reedição de praticamente toda a obra desta lenda do Metal, o que incluiu quase toda a discografia do DEATH, à exceção feita ao álbum “Symbolic”, já que este continua tendo os direitos pertencentes à “Roadrunner Records”. Também entraram no acordo, os discos do CONTROL DENIED e MANTAS.

Alguns artistas que já passaram pelo cast do selo. Foto: divulgação

Por fim, em 2014, o selo contratou o OBITUARY, uma das principais bandas de Death Metal, oriunda do celeiro de hordas do estilo, o estado da Flórida, sendo esta a maior banda no cast atual.

Em seu Press-Release, o selo se define como sendo uma gravadora que foi criada por um fã para os fãs. E com a palavra, o idealizador de tudo isso, Matthew F. Jacobson, que justifica tal definição de maneira simples:

“Assinamos com bandas que gostamos, antes de qualquer coisa”.

Atualmente, a Relapse conta com quase 90 bandas em seu cast, como por exemplo o CRIPPLE BASTARDS, DYING FETUS, EXHUMED, IRON MONKEY, PIG DESTROYER, além dos já citados OBITUARY e INCANTATION, E no seu passado, contou com bandas como BRUTAL TRUTH, CARNAL FORGE, GODFLESH, HYPOCRISY, a ex-banda de George “Corpsegrinder” Fischer, MONSTROSITY, NAPALM DEATH, NEUROSIS, VOIVOD, além dos brasileiros do ABHORRENCE, MENTAL HORROR, NEPHAST, OPHIOLATORY, ROT, dentre diversas outras hordas, sendo mais de 180 no total.

Matthew F. Jacobson, o homem que idealizou tudo e ajuda a manter acesa a chama do Heavy Metal. Foto: divulgação

Hoje, sob a barganha de ser uma das quatro principais gravadoras que se dedicam à música pesada, a “Relapse” foi uma das que tiveram de se reinventar para continuar firme no decadente mercado fonográfico. Como eles agiram? A própria gravadora conta o segredo em seu website: parceiras com pioneiros da indústria digital, além de ter sido a primeira gravadora a se associar à inovadora plataforma “Bandcamp”. Além disso, a “Relapse” ajudou a incorporar gravadoras e estimulou de forma independente o movimento de streaming.

E é com essa história relevante que um cara transformou o seu sonho no porão da casa de seus pais em uma realidade. E uma realidade extremamente relevante para nós, fãs da música pesada. Obviamente que as bandas por ela lançadas seriam de um jeito ou de outro conhecidas na cena, porém, Jacobson foi responsável pelo empurrãozinho inicial em algumas delas, e fez com que outras ficassem ainda mais conhecidas. Por isso estamos aqui trazendo a história da gravadora número 4 deste “Big 4 das Gravadoras” e que comemora seus 30 anos muito bem vividos.

Site Oficial
Facebook
Instagram
Twitter: @relapserecords
Bandcamp

Incantation, uma das bandas que fazem parte do rico cast da “Relapse

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish