21 Covers: #21 – Warrel Dane – The Hanging Garden (2018)

by Mauro Antunes

Surgido na Inglaterra no final dos anos 70, o The Cure acabou virando uma febre em todo o mundo, e no Brasil, não foi diferente. Donos de um estilo único e peculiar, a banda liderada por Robert Smith (vocal), cravou hits como “Boys Don’t Cry”, “Close to Me”, “In Between Days” e “The Hanging Garden”. Esta última em particular foi o único single do 4º trabalho da banda, “Pornography” (1982), um álbum sombrio, com letras depressivas e que mostrou ao mundo, que o The Cure era capaz de criar coisas profundas musicalmente falando, e não apenas músicas de fácil assimilação. Este álbum é quase que uma unanimidade entre os fãs, que é o mais forte, psicologicamente falando, já lançado pelo The Cure.

Em meados da década passada, o Nevermore anunciou o fim de suas atividades, com a saída de Jeff Loomis (guitarra) e Van Williams (bateria). O futuro da banda e um possível retorno, eram bastante incertos. Warrel Dane (vocal) havia gravado em 2008, o ótimo trabalho solo “Praises to the War Machine”, e portanto, já tinha em seu currículo, uma carreira solo na qual poderia trabalhar. Anos se passaram e Warrel fincou raízes na capital paulista e ao lado do talentosos músicos da cena Heavy Metal, começou a trabalhar em mais um álbum solo. Ao lado de Thiago Oliveira e Johnny Moraes (guitarras), Fabio Carito (baixo) e Marcus Dotta (bateria), gravou “Shadow Work” (2018).

Com o falecimento de Warrel em dezembro de 2017, “Shadow Work” acabou se transformando em um trabalho póstumo, e infelizmente, Warrel não conseguiu completar as vozes de outras faixas que poderiam ser lançadas. Felizmente, dentre as 8 faixas do tracklist, um cover para “The Hanging Garden” chama a atenção. A letra pesada e o clima depressivo em que a faixa original foi trabalhada, combinava com o momento vivido por Warrel, e esta parecia ser a química para Warrel se sobressair e lançar uma das mais brutais mutações sonoras da história. Um Gothic Rock transformado em Metal com tamanha categoria e uma interpretação de Warrel que faz cair o queixo de qualquer fã, faz deste um cover perfeito pra fecharmos nossa seção de 21 Covers aqui em nossa página. De se aplaudir, a produção, mixagem e o trabalho da banda de Warrel, verdadeiros monstros.

Confira abaixo:

Warrel Dane – The Hanging Garden (2018)
The Cure – The Hanging Garden (1982)

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish